Follow by Email

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Política




O deferimento do registro do PSD pelo Tribunal Superior Eleitoral(TSE) foi uma derrota do DEM e do PTB, partidos que tentaram de todas as formas impedir que o novo partido fosse criado.
Foi uma derrota pessoal e política do senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM que usou de todos os artifícios para evitar a criação do PSD.
O DEM chegou ao ponto de alegar que o vice-governador Robinson Faria tinha patrocinado a troca de cestas básicas por assinaturas em favor da criação do PSD. A atitude de Agripino causou indignação a Robinson e aos defensores do novo partido.
Na realidade, Agripino queria impedir a criação do PSD temendo o enfraquecimento ainda maior do DEM no País. O partido presidido pelo senador potiguar será o mais prejudicado com a criação do novo partido.
Várias lideranças do DEM, incluindo parlamentares e até governador, irão ingressar no PSD.
O DEM perdeu a batalha para o PSD e Agripino saiu arranhado de todo o processo que culminou hoje com o deferimento do registro do novo partido.
Por Oliveira Wanderley

Nenhum comentário:

Postar um comentário